segunda-feira, 26 de maio de 2014

Mostra de Miksang (Fotografia Contemplativa) marca a reabertura do Casarão do Chá

O Fotoclube do Alto Tietê traz para o Brasil a
 Iª Mostra Sul-Americana do Miksang Institute
for Contemplative Photography
â
                                                                                                                  SNIIC 35268 
Composição gráica do ambiente da mostra por Tina Andrade com fotos de Margriet Boekhoorn e Fiona Wiseman
 “São seus bons olhos"

Na manhã de1º de junho de 2014, durante a cerimônia de reabertura do Casarão do Chá, o Fotoclube do Alto Tietê abre mostra inédita de Fotografia Contemplativa Miksang intitulada "São seus bons olhos".  Realizada em parceria com o Miksang Institute of Contemplative Photography, com sede no Colorado.

Miksang é uma palavra tibetana que se traduz como 'Bom Olho'(ou "olho puro"), e baseia-se nos ensinamentos do mestre de meditação, artista e estudioso da Shambhala e da Arte Dharma, Chögyam Trungpa Rinpoche; cujo significado está voltado para a descoberta da verdade, da percepção pura.
A curadora e produtora da mostra - que é também pesquisadora no campo das Artes Visuais-, Tina Andrade costuma usar a fotografia como meio de intervenção social. Ela vem trabalhando a meses com os fundadores do Miksang Institute, Michael Wood e Julie DuBose, para fazer desta uma experiência que desperte para o risco de estarmos deixando de olhar para as coisas como elas realmente são; fotografando compulsivamente e ao mesmo tempo perdendo a comunicação com o mundo tal qual ele se apresenta diante de nossos olhos. 

A mostra será composta por um conjunto de obras produzidas por professores e estudantes devidamente certificados em Fotografia Miksang.  O visitante irá poder sentar-se diante de uma fotografia, tomar um chá e até meditar enquanto a contempla, se quiser; ele determinará a maneira como quer interagir com cada olhar, pois ali estarão presentificados os fragmentos da realidade de pessoas que habitam o mesmo mundo em que vivemos. Entender o que elas querem nos comunicar também depende de apurarmos nossa percepção pura, removendo os filtros, as críticas e quaisquer outras interferências. Nossa objetivo principal é mostrar que não existe separação entre a vida e a arte e ao final, poder agradecer: 'são seus bons olhos'", diz Tina.

Michael Wood, depois de uma bem-sucedida carreira como fotógrafo profissional no Canadá, começou a experimentar o surgimento de novas percepções com base em sua prática de meditação e estudo da Arte Dharma com Chögyam Trungpa. Ele já acumula uma experiência de 30 anos no desenvolvimento, prática e ensino da Fotografia Miksang na América do Norte e Europa. 

- Vemos algo vívido e penetrante e nesse momento podemos expressar nossa percepção, sem fazer nada mais, acrescentar ou extrair nada. Significa ser totalmente honesto sobre o que está diante de nossos olhos. Como nos permitimos tornar mais disponíveis para as coisas ao nosso redor, sem os preconceitos, filtros e fórmulas, muitas vezes associados com a fotografiadiz ele que é também co-autor do livro Prática da fotografia contemplativa: Vendo o mundo com olhos puros.

Julie DuBose estuda e pratica a Fotografia Contemplativa há 16 anos. Junto com Michael, ensina todos os níveis da Miksang. Ela é autora de A fotografia como uma expressão de olhos, mente e coração e escreve o blog Fotografia Miksang Vida Miksang, além de artigos para o jornal online Huffington Post.

 Essa é uma boa oportunidade de difundir o verdadeiro Miksang em momento de alta monetização da técnica por “professores” (sic.) espalhados pelo mundo que, de fato, nunca o estudaram em todos os seus níveis ou, ainda que a tenham estudado, não foram treinados (ou autorizados) a ensiná-lo, ela diz.

Casarão do Chá na década de 1980. Foto: Akinori Nakatani. Fonte: Blog do Estadão

Considerado um "haicai arquitetônico", o Casarão do Chá, construído em 1942 é patrimônio histórico e ícone da imigração japonesa no Brasil. Sua estrutura foi toda feita em madeira pelo mestre-carpinteiro Kazuo Hanaoka onde funcionou uma fábrica de chá. Foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Turístico Estadual – Condephaat – em 1982 e pelo Iphan em 1986 e reabre depois de 17 anos de reforma, disposto a tornar-se um espaço de promoção, criação e circulação de bens culturais e artísticos, graças ao esforço e dedicação de Akinori Nakatani e Miha Nakatani. Saiba mais em www.casaraodocha.org.br

Serviço: 
"São seus bons olhos" - Iª Mostra Sul Americana do
Miksang Institute for Contemplative Photography
â

Abertura: 1º de junho de 2014 às 10 da manhã
Permanência: até 6 de julho de 2014, sempre de quinta a domingo, das 10 às 17 horas com entrada franca e visitas monitoradas para grupos (somente com agendamento).

Estrada do Chá, cx 05 (acesso pela Estrada do Nagao Km3).
Mogi das Cruzes, São Paulo – Brasil
[Como chegar]

Patrocínio: Kijiro Corretora de Seguros, Associação Paulista de Relações Internacionais, Komura Imóveis e Bunkyo - Associação Cultural de Mogi das Cruzes




Agradecimentos:

Akinori Nakatani, Dr. Nobolo Mori e O. Nagao.

Realização:

Logomarca dos realizadores
Curadoria, Produção Geral 
e Pesquisa: 
Tina Andrade

Co-Produção: 
Julie DuBose, Michael Wood e Miha Nakatani

Relações com a Imprensa:
Tina Andrade
fotoclube.altotiete@gmail.com

Retire seu convite